terça-feira, 5 de julho de 2016

Ganhar almas a suprema tarefa da Igreja



Ganhar almas a suprema tarefa da Igreja

TEXTO ÁUREO = “Os que foram dispersos iam por toda parte pregando a Palavra.” At 8.4.

VERDADE PRÁTICÁ = A Igreja vive e cresce para ganhar almas e ao mesmo tempo ganha almas para viver e crescer. Suas demais atividades são secundárias.

LEITURA EM CLASSE = Rm 10.13-17

INTRODUÇÃO

A suprema tarefa da Igreja, foi por ela recebid diretamente do Senhor Jesus, quando ordenou antes de retornar ao Pai: “ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações.” (Mt28,19). O mesmo Senhor que assim ordenou, também capacitou seus discípulos de então para fazerem sua parte em seus dias. Essa capa- citação foi o revestimento de poder do alto, acompanhado dos dons do Espírito Santo.
O avanço do conhecimento humano, traz consigo modernas técnicas e meios de comunicação do Evangelho, para bem alcançar toda criatura, mas a mensagem ensino do Evangelho não muda, e sua causa motivaste também não pode mudar: o Espírito Santo. Do contrário, não teremos evangelho nenhum para comunicar, nem colheita de almas para esperar.
Os pontos do comentário a seguir, mostram por que ganhar, almas é a suprema tarefa da Igreja.

1. ESSA TAREFA É SUPREMA PORQUE É A EXPRESSÃO DA VONTADE DE DEUS. 1 Tm 2.4. A salvação do pecador foi planejada por Deus antes dos tempos eternos. A morte redentora de Jesus no Calvário, foi apenas a manifestação histórica desse plano e vontade divinos (II Tm 1.9,10). Deus quer que todos os homens se salvem, diz o texto acima. Mas como crerão, se não há quem pregue? (Rm 10.13). Deus quer salvar! Eis a sublime revelação!

II. ESSA TAREFA É SUPREMA PQRQUE FOI EXECUTADA POR JESUS. Hb 2.3. “Aqui está escrito que foi” anunciada inicialmente pelo Senhor,” Jesus ocupou-se inteiramente dessa tarefa: ganhar almas (Lc 19.10), DEle, diz a profecia: “Deleito-me em fazer a tua vontade, á Deus meu.” (SI 40.8). No Jardim, sua oração girou em torno desse assunto  essa vontade (Lo 22.42). Sim, a tarefa suprema de Jesus foi a: de salvar pecadores. Por fim, morreu entre dois pecadores. Seus braços, quando pregado na cruz, representam um convite universal, para os dois povos - judeus e gentios - encontrarem nEle a salvação de suas almas (Ef 2.14).

No seu glorioso afã de ganhar almas, vemo-lO saindo constantemente ao encontro dos pecadores, como em Jo4.5-7 e Lc 8.1.
III. ESSA TAREFA É SUPREMA PORQUE FOI ORDENADA POR JESUS, Mc 16.15. Antes de voltar ao Pai, para agora continuar como nosso Intercessor (Hb 7.25b), Ele entregou a Igreja sua suprema tarefa e privilégio: a missão de ganhar almas mediante a evangelização. A ordem de Jesus foi seguida de outra não menos importante; esperarem em Jerusalém o revestimento de poder do alto. Essas so as credenciais da Igreja na execução de sua tarefa suprema: ganhar almas para Jesus. Uns têm mensagem sem poder. Outros não têm mensagem nem poder. Tenhamos os dois para, em continuação atingirmos o alvo: o perdido pecador,

IV. ESSA TAREFA É SUPREMA PORQUE E DIRIGIDA PELO ESPIRITO SANTO, At 8.29; 13.4. A Igreja dos dias primitivos avançou rapidamente na colheita de almas, porque dependeu primeiramente da direção e operação do Espírito Santo.
Houve limitações de toda espécie visando preterir ou obstar a marcha triunfal da colheita de almas. Os meios e recursos materiais eram parcos, mas a Igreja avançou sob a égide do Espírito Santo. Hoje, em muitos lugares, apesar de lindos templos, grandes corais, elevada receita, refinados pregadores, seletos oradores e música em profusão, não há real colheita de almas. Fama - não é poder, Pregação nem sempre é mensagem. Barulho não é unção. Movimento nem  sempre é despertamento. A Bíblia não diz: sereis minhas testemunhas e recebereis poder; mas, o inverso; recebereis poder e sereis minhas testemunhas. O vocábulo testemunha, no original implica não só proclamar, mas também sofrer. A excelência da mensagem da salvação está no poder que o Espírito confere para alcançar o pecador e salvar sua alma (At 1,8), mesmo arrostando dificuldades.

V. ESSA TAREFA E SUPREMA PORQUE ABRANGE TODA CRIATURA EM TODO O MUNDO, Mt 28.19. Se a mensagem do Evangelho visasse somente pessoas boas, nações pacatas e uma determinada faixa de idade, então a mesma seria uma farsa, porque na Palavra está escrito: “Todos nós andávamos desgarra dos como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho.” (Is 53.6). Mas, glória a Deus! O convite para a salvação destina-se a todo tipo de criatura, em todos os lugares: qualquer credo, cor, raça, religião, cultura e posição. Pois, o seguir a Cristo não consiste primariamente em praticas externas, mas numa relação vital de união com Ele mesmo, O Evangelho é o ponto de contato e a continuação dessa celeste união.

VI. ESSA TAREFA É SUPREMA PORQUE ESTÁ GARANTIDA POR DEUS, SI 125.5,6. Sim, a mensagem cruz tem a patente divina. Tem marca registrada no céu. E autêntica. Realmente, onde quer que a tarefa de ganhar almas for executada nos moldes divinos, os resultados surgirão logo envidas transformadas ou influenciadas pelas bênçãos do Evangelho. Seja isto nas metrópoles ou nas regiões mais incultas da terra. Deus é o fiador de Sua  mensagem. O próprio Senhor Jesus afirmou: “Estarei convosco:” Ele ordenou a tarefa, mas também assegura-nos de
Sua gloriosa presença na execução dessa tarefa.

Evangelista Isaias Silva de Jesus
Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém Em Dourados – MS
Lição Bíblicas 4º. Trimestre 1974  - CPAD

Nenhum comentário:

Postar um comentário